Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E porque não eu?

terapia de reflexão para mentes livres e com paciência, SA ou Lda não interessa, pelo menos pensar não paga impostos

E porque não eu?

o absurdo do Absurdo

por António Simões, em 14.11.16

As eleições para os E.U.A. já foram hà quase uma semana, e o absurdo não para de continuar. Ao absurdo óbvio e esperado que seria, e que infelizmente foi, a eleição de Trump para a Casa Branca, junta-se agora o absurdo impensável de termos individualidades de quadrantes não conotados com a turbe de idiotas de apoio a Donald, a transmitirem uma mensagem de calma e de esperança, dando uma espécie de cheque em branco ao presidente recém eleito. Não cito nomes, porque alguns deles até merecem respeito pelo que são e pelo que representam, mas as suas intervenções neste sentido de deitar àgua na fervura não pode ser aceite. Pode-se aceitar e respeitar a eleição deste mentecapto, mas daí a esquecer o caminho percorrido até ao dia 9 de Novembro existe uma distância demasiado grande. Pode agora dizer que no lugar de um muro vai construir uma cerca, ou que até pode aproveitar uma ou outra medida do Obamacare, ou seja o que for, que eu mantenho a minha opinião firme e alheia de qualquer tipo de populismo bacoco. Desculpar Trump e o seu estilo dando-lhe uma oportunidade para ver o que é capaz de fazer é destruir os princípios básicos de cidadania, já para não falar da perversão gritante do menos mau de todos os sistemas de organização política... pobre do "demo" que deu o "Kratos" a um louco qualquer...

2 comentários

  • Imagem de perfil

    De António Simões a 20.11.2016 às 09:51

    Acho que em qualquer dos casos os fins não justificam os meios.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D

    Posts mais comentados

    Tags

    mais tags