Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E porque não eu?

terapia de reflexão para mentes livres e com paciência, SA ou Lda não interessa, pelo menos pensar não paga impostos

E porque não eu?

a Cobardia

por António Simões, em 02.10.15

A língua portuguesa sendo uma espécie de ponta de lança do latim, onde essa língua falecida encontra muito provavelmente a sua evolução máxima, é muito traiçoeira. Os significados das palavras podem inverter o seu conteúdo de acordo com o modo como são empregues. O termo cobarde pode caracterizar aquele que é medroso, tímido, fraco ou acanhado, sendo igualmente sinónimo daquele que se comporta de maneira desonesta, traiçoeira, ou que é desleal ou traidor. Se o primeiro grupo de adjectivos deixa um sentimento de alguma condescendência para quem assim é, o segundo é claramente a vertente pejorativa, a perfeita caracterização de pessoas ou actos que não merecem uma pinga de respeito. Escrevo para quem é da minha terra, para gente que sabe o que se passa no seio de um dos pilares fundamentais que se deve reger uma sociedade moderna, e que tem vindo a ser delapidado nos últimos três anos por uma campanha de ignomínia em nome de interesses pessoais, numa miscigenação doentia com um modo de fazer política baixo e verdadeiramente reles. A "publicidade" que ontem foi distribuída e que ultrapassou todos os limites da decência ao invadir os terrenos das escolas, é uma afronta à dignidade. Ontem a vergonha foi mais uma vez obliterada do dicionário de algumas pessoas, e a bandeira de conseguir os fins através de todos os meios foi hasteada ao mais alto. O leitor use agora a cobardia da melhor forma que a língua portuguesa lhe permite, mas tendo em conta os acontecimentos recentes, em mim não fica qualquer dúvida na hora de escolher os adjectivos adequados...

Blogs Portugal

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Posts mais comentados

Tags

mais tags