Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E porque não eu?

terapia de reflexão para mentes livres e com paciência, SA ou Lda não interessa, pelo menos pensar não paga impostos

E porque não eu?

estado de Guerra

por António Simões, em 19.09.13

A minha ideia sobre a escritora deste livro, ou melhor, dos textos que nesta publicação são reunidos, começou por um erro de zapping (não confundir com erro de casting). Numa daquelas noites de pasmaceira a praticar essa modalidade do desporto de sofá, fruto de um torpor preguiçoso e de um livro menos interessante, ao mudar de canal lá se encontrava Clara Ferreira Alves a fazer aquilo que ela própria considera como o seu principal ganha pão - opinar. Volvidos breves instantes e já com o nervoso miudinho do dedo palpitante por pressionar o botão "Ch+", fico com uma ideia de mais uma intelectual com a mania de oráculo da verdade. Erro de interpretação pior não poderia ter cometido. Quando passei a ser espectador assíduo do "Eixo do Mal" rectifiquei esse erro e hoje reconheço em Clara Ferreira Alves uma pessoa de opinião bem fundamentada e muito lúcida da realidade, transbordando conhecimento e vivências pessoais, com uma bagagem cultural que para ser armazenada deveriam ser necessários vários silos. Os textos deste livro comprovam tudo isto, e ainda acrescentam a faceta de escritora com um estilo ecléctico do qual destaco as qualidades que mais gosto - o humor e o sarcasmo. Para apimentar a sugestão que deixo em não deixarem de ler este livro, aqui ficam algumas passagem verdadeiramente sublimes.

- Acerca dos actuais líderes europeus: "Custa a crer como é que um conjunto de gente supostamente eleita por ser inteligente consegue ser tão vilmente estúpida.";

- Acerca da fuga dos ricos às taxas aplicadas sobre os grandes capitais: "As grandes fortunas, como sempre, não acreditam em dívidas à sociedade ou, como dizem os americanos, à comunidade. E, em matéria de patriotismo são muito cosmopolitas e cidadãos do mundo.";

- Acerca da democracia tuga recente: "O dinheiro, as discussões em volta do dinheiro acentuadas pela falta de dinheiro, fizeram do proletariado (e desse híbrido chamado classe média) uma massa informe de consumidores que votam. E consomem democracia, os direitos fundamentais, como consomem televisão, pela imagem. Sócrates e o Armani, Passos Coelho e a voz de festival da canção.";

- Acerca dos novos gadgets, Kindle e iPad: "Gosto de sair de casa com um livro ou uma revista dentro da mala para o caso de ter de entreter o tédio num desses departamentos da vida quotidiana que somos obrigados a esperar. Um Kindle precisa de bateria e tem umas horas de autonomia. Horas? Os livros e revistas de papel têm a autonomia da eternidade".

Blogs Portugal

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Posts mais comentados

Tags

mais tags