Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E porque não eu?

terapia de reflexão para mentes livres e com paciência, SA ou Lda não interessa, pelo menos pensar não paga impostos

E porque não eu?

o tolo no meio da Ponte

por António Simões, em 11.07.13

Mais de uma semana depois de estalar o verniz na coligação, e depois de instalada um crise política autofágica, o presidente da república falou, e não foi para tecer comentários acerca do muito calor que se faz sentir no país. Passou uma semana de zangas entre parceiros, que tal como as tempestades trouxeram depois a bonança... PPortas que o diga. Passou uma semana onde os partidos da oposição clamavam piedosamente por eleições antecipadas. Passou uma semana na qual o presidente, tal como o tolo no meio da ponte, tinha que decidir tendo para isso marcado reuniões com tudo e com todos. Ontem, quando o jantar de muitos tugas era novamente interrompido para uma comunicação de um político para o país, o presidente surpreendeu-me... por breves instantes claro está. Inicialmente a surpresa apresentou-se como uma medida inédita na vigência de Cavaco, que ao fim destes anos todos apresentava uma decisão, ainda por cima arrojada. No entanto, no decorrer do discurso, a esperança de actividade cerebral presidencial esfumou-se. O homem tinha duas opções, ou mandava esta coligação colar cartazes junto com a oposição, ou deixava as coisas como estão. A crise política assim o exigia como forma de resolver de uma vez por todas o imbróglio gerado por este governo, no entanto, o "compromisso de salvação nacional" que Cavaco deliberou mais não é do que o adiar de uma solução. Quem estava no meio da ponte era ele e, tal como uma velha raposa matreira, soube muito bem retirar-se e deixar não um tolo mas três no meio da mesma ponte. É caso para dizer "quem vier atrás que feche a porta"...

Blogs Portugal

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Posts mais comentados

Tags

mais tags