Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E porque não eu?

terapia de reflexão para mentes livres e com paciência, SA ou Lda não interessa, pelo menos pensar não paga impostos

E porque não eu?

imaginação Legisladora

por António Simões, em 24.11.16

O mundo tal e qual como o conhecemos pode ter muitos defeitos, mas sem dúvida alguma que dessa lista não faz parte a lei. As constituições e as leis são feitas para que a sociedade possa viver em sociedade, comungando o respeito de uns pelos outros doutrinado pelos mesmos livros orientadores, onde sempre que é necessário se efectuam as devidas correcções. Neste campo, os legisladores assumem um papel de enorme importância, como forma de adaptar as leis à evolução dos tempos, sempre com o olhar atento dos constitucionalistas que velam pelo cumprimento dos desígnios fundamentais. Mas sendo as leis feitas pelos homens as mesmas não escapam ao paradigma inalienável da condição humana - errar - e já no tempo dos romanos se dizia que "errare humanum est". Pelas notícias de ontem tive conhecimento de uma lei que obriga ao pagamento de estudos, pareceres e taxas, a todas as pessoas que tenham uma saída de garagem para uma estrada nacional. Fiquei verdadeiramente surpreendido com a imaginação do legislador para uma iniciativa deste calibre! Não que esteja contra o facto da lei em si, pois maneiras díspares, inusitadas e desavergonhadas não faltam para ir ao bolso do contribuinte na hora da colecta. O que é revoltante é que se está a esquecer da parte mais importante - a segurança - pois qualquer acesso para uma estrada nacional deverá ser sempre questionado sob esse ponto de vista. De facto, o estado é o primeiro a prevaricar, e aqui pelas minhas bandas não faltam atropelos à segurança rodoviária, seja por casos como este que pretende ser tributado, seja por situações várias muito piores na forma de aberturas para pseudo-cruzamentos de estradas secundárias, sem qualquer sinalização horizontal. A quem faz as leis aceita-se a imaginação, desde que coloque sempre os bois à frente da carroça, e não ao contrário, como este caso é disso mesmo um bom exemplo...

Blogs Portugal

2 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Posts mais comentados